Eu também sei citar

”  Qualquer coisa pretensamente profunda   “

(Clarice lispector)