Mariel Fernandes

Nunca mais na história desse país

Dilma afirma que investiu 12 quinquilhões de reais no Pronatec. Gagueja, mas diz. Aécio sorri e lulusbalança a cabeça, contrariado. Obviamente, qualquer um sabe, o ideal seriam 24 zinzilhões, motivo pelo qual o governo que aí está não deveria estar aí.

Olhos cheios de lágrima, a presidenta gagueja e relembra a primeira missa que Lula oficiou no Brasil, assim que Cabral desembarcou. Houve aquele probleminha na troca de espelhos, parece que não eram da marca combinada, ficou caro, assim não dá, mas passou quando  o Pero Vaz de Dirceu foi preso pela primeira vez. Ufa, ainda bem que era de menor.

Na versão de Aécio, quando Deus perguntou para Fernando Henrique o que ele deveria privatizar, a resposta foi “faça a luz”. O resto da história você conhece: tudo que existe na criação foi testado antes, em escala acadêmica, pelo PSDB.

Pessoalmente, acho quase inacreditável que alguém ainda vote no PT depois que foram pegos, do jeito que foram pegos e da forma que se explicaram quando pegos: não baixaram os olhos. Não ficaram vermelhos. E não gaguejam. Ah, mas o PSDB também rouba. Ah, mas o congresso é pior. Denunciem o PSDB inteiro. Prendam o Fernando Henrique. Tirem o excesso de pó da cara do Aécio. Tá bom, a frase foi dúbia, mas fama é fama.

O ponto não é o que falam sobre qualquer outro partido ou político. O ponto é o que já se provou contra o PT e os membros dessa quadrilha: é de deixar gago mesmo. O Partido dos Trabalhadores trouxe desonra para o partido e para os trabalhadores, empobreceu as discussões e não emprega a letra s no final das frase. O mussum também fazia isso, mas era um erro proposital. Em Dilma e Lula, é um erro com um propósito: o de pretensamente reproduzir a linguagem do povo, o mesmo povo para quem deveriam servir de exemplo e não roubar dele até as formas equivocadas de expressão. Mas o grande problema é terem dito que a esperança venceria o medo. Que não roubariam e não deixariam roubar. O que se viu e se provou é que roubaram e incentivaram o roubo. Mais do que isso: nos fizeram ter medo de um sentimento tão bonito como a esperança.

Anúncios

26 comentários sobre “Nunca mais na história desse país”

    1. Carol, você é uma querida comigo. Quero me desculpar por não ter respondido antes, mas o trabalho, de verdade verdade verdade não deixou eu me aproximar do blog. Mas essa semana retono e quero ver tudo que você andou fazendo. Beijos, querida!

      Curtir

  1. O que acho interessante é verificar que a ressaca causada pela reeleição da senhora PREDISANTA foi imensa e o descrédito maior ainda. E ao comentar que ela ganhou, mas não levou, fui metralhada por um bando de ignorantes do partido – dito vermelho – que quiseram me ensinar como funciona o processo eleitoral. Dei risada e desenhei, como no tempo da escola, com giz e lousa. Afinal, quando se tem milhões de pessoas que se recusam a votar, não é a maioria que elegeu. Parece fácil entender isso para mim, mas para outros tantos……….. enfim! Vamos todos sobreviver, certo?

    Em tempos, excelente texto que tive o prazer de ler passado as euforias do processo eleitoral. rs

    bacio

    Curtir

    1. As patrulhas, sempre elas, são produto de um lixo não democrático que não deveriam ter saído de onde vieram, sempre achei isso. O que o PT fez, penso, foi aprofundar esse conceito, simplificando para o raso e para o idiotizante toda discussão. Vamos sobreviver, claro. Alguns, dependendo de mim, vão sobreviver na Papuda.

      Curtir

  2. Mariel, adorei o texto, hilário. Ri muito.

    Além de concordar com tudo o que disse, aproveito pra comentar que apesar de as urnas eletrônicas não se provarem confiáveis, entre brancos, nulos, ausentes e aécios, somos a maioria que não reelegemos PT.

    E, a lambança destes anos petistas foi tamanha, que vamos assistir, indignados e conscientes, à bancarrota.

     

    Um grande abraço,

    Michele

    Curtir

  3. Sou muito suspeito para falar sobre política ou políticos e já até comentei em pequenas lembras a ti Mariel dos porquês. Se é que posso afirmar inocência aos meus 5.5 diria que a política me faz lembrar de uma passagem, aquela velha e antiga fábula do sapo e do escorpião onde no final do conto o escorpião responde ao sapo antes de ambos morrerem, “está em minha natureza”. Logo amigo, acredito eu, ser político ou estar político é falsear na personalidade e abusar do poder que lhe é conferido seja qual for sua bandeira, pois como digo sempre bandeiras se queimam, partidos se mudam mas caráter fica marcado para sempre. Se preferir ler o texto de desabafo por inteiro lhe envio o link. Abraços!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Depois da ressaca que foi o domingo, penso que fiz o melhor que pude com o voto que havia. Sabe que acredito na política como modo estético de manifestação e expressão de verdades, da convivência dos contrários. A fábula do sapo e do escorpião é um lembrança sábia que tu me trazes. Forte a tua opinião. Que venha o link. Super abraço!

      Curtir

      1. Ah amigo Mariel, te passo sim mas deixarei claro que é pesada a escrita (creio eu), sinto muita vergonha de ter que desabafar usando o termo a ela dirigido e por não ser algo literal e sim um reclame que apesar do respeito há nele palavras de baixo calão, envergonha-me trazê-lo ao seu espaço. Quem leu diz ser um soco no estomago, eu acredito que em breve do jeito que tudo anda ele possa vir a ser censurado, apesar da Presidenta Dilma nem esquentar com ele, seus partidários me trucidaram na época, rsssss. Ele, o desabafo, mostra de forma sutil minha sinceridade áspera do reclame, não sou fã de estourar champagne e para bom entendedor, bastaria ler com atenção e perceberia a tentativa de puxão de orelha, a tentativa do direito democrático de alertar não o palavrão e sim o sentido ou tentativa de dar noção ao que seja uma palavra figurativa.
        Vou fazer assim, faz de conta que fechei meus olhos, rsssss.

        http://planetareligare.wordpress.com/2014/06/16/nada-de-fato-abala/

        Abraços!

        Curtir

  4. É, colega Mariel… ótimo texto.

    Reza a lenda que a esperança é a única coisa mais forte que o medo. Até acho mesmo que seja, porém, infelizmente, descobriram que dá pra virar o jogo, pois na verdade são duas forças muito poderosas e ganha a que for empregada com mais… destreza.

    Não tenho partido, tenho leitura transversal. E dessa vez, na minha opinião, a falta dela em grande parte da população brasileira pode custar caro.

    Espero (de esperança) que a justiça não feche os olhos, nem cruze os braços e que culpados tenham o castigo que merecem. Tem muita lama pra limpar. Espero (de esperança de novo) que não esqueçam disso só porque acabaram as eleições.

    Que o BEM seja por nós.E confesso que o medo está levemente mais forte que a esperança por aqui… :-(

    Até.

    Curtir

    1. Marcita, amiga minha. O PT ganhou mais uma, não foi a minha escolha, mas respeito a opção da maioria. Vou, como faço com qualquer governo, ficar de olho, dando os meus jabs como posso. Foi uma coisa, não? A vista aqui do meu ponto é de esperança, mas de um jeito menos digamos fervoroso: tenho a esperança que a coisa não piore muito.
      Um beijo pra ti.
      Até daqui a pouco.

      Curtido por 1 pessoa

  5. Qual sua idade?
    Tem mais ou menos de 50/60 anos?

    O regime bolchevista na Rússia durou 70 anos.
    É o tempo que levará para o Brasil se livrar do lulopetismo.

    Os que estiverem vivos depois disso, poderão desfrutar as delícias do mundo islâmico.

    Boa sorte a teus netos e bisnetos.

    Enquanto isso, tento tapar os ouvidos para não ouvir os carros que ainda passam pelas ruas de Brasília, buzinando para festejar a manutenção dos cargos comissionados.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Tenho 55, você quase acertou. Não sou assim tão pessimista, ainda que concorde que Lula e toda a
      petezada fizeram coisas que são inaceitáveis. De qualquer modo, o mundo islâmico não terá a minha presença. Netos, bem eles terão que viver suas circunstâncias, como nós fizemos. Quanto a mim, agi como me cabia, não votando em gente que faz do roubo um modo de vida. Recebe o meu abraço.

      Curtido por 1 pessoa

  6. Mariel, muito boa essa sua fábula. Pena que seja real e não ficção. Sou apartidária pois nenhum partido faz diferença.Nivelou tudo por baixo. Apenas uma ideologia rege a todos os políticos: Dinheiro! E muito porque pouco não serve. Nenhum candidato me representa nem de longe.Nem a anos luz. Esperança? É algo que luto para me manter em pé todos os dias. Se um dia ela definhar de vez, posso mandar seguir o caixão.

    Curtido por 2 pessoas

  7. Ótimo texto, como sempre.

    É o que falava com uma amigo a pouco; hipocrisia é pouco para definir todo esse circo eleitoral, mas sinto falta de uma pessoa, Dr. Enéias, talvez com toda sua loucura, fosse a pessoa mais lúcida nos debates políticos brasileiros.

    Ah, a esperança… ora usada como mecanismo de anestesia ora usada com motivo pra continuar. Certo é que sem esperança, utopia ou sonhos não se vive, ainda que alienado, cada um procura a melhor forma de se manter vivo…

    Abração Mariel!

    Curtido por 1 pessoa

  8. Eu vim aqui movida pela notificação do seu comentário no meu post da boneca de pano.
    Independentemente de tudo escrito aqui, eu ainda continuo com a chama viva de Esperança dentro de mim.
    Não vou falar de partidos, nem de corrupção.
    Vou falar da esperança viva que a menina que mora na mesma rua que eu vendia flores e que virou advogada graças a oportunidade que teve. E desse sentimento eu não tenho medo.
    Beijo

    Curtido por 1 pessoa

    1. “A esperança venceu o medo” foi a mensagem principal do PT em passado pra lá de recente. Me refiro a isso no post, sobre quanto o PT e sua forma de praticar a política mancharam o sentimento de esperança. Neste post, falo de partidos e de corrupção porque acredito que é um momento fundamental para o Brasil. A menina que mora na mesma rua que você é uma vencedora, soube aproveitar as oportunidades que teve. Quando qualquer governo faz o que deve ser feito, isso não é mérito: é cumprir o combinado. Quando rouba, por mais que tenha um bom desempenho em outras áreas, deve ser substituído, como vejo. Visito sempre seu espaço, é inspirador. Depois, você está certa: não devemos ter medo da esperança. Só evitar quem se apropria dela para semear impropriedades. Beijo.

      Curtido por 2 pessoas

Estou adotando comentários. Deixe o seu aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: