Dê asas à imaginação

mariel fernandes.vida.alada

43 comentários

  1. Bela foto, transmite boas energias, e o passarinho parece tão tranquilo e contente !
    Se puder, volte lá, talvez agora esses botões de cipó-de-são-joão já estejam abertos !
    :~)

    Curtir

    1. Você me surpreendeu com tanto conhecimento. O passarinho estava lá, tranquilão e apreciando a paisagem e piava um piu piu piu entusiasmado. Sempre achei bonito, mas não sabia que se chamava cipó de são joão. Se abrirem, foi graças a você. Adorei o comentário.

      Curtido por 1 pessoa

      1. O cipó-de-são-joão costuma florescer em junho, por isso o nome… mas há variações no período de floração, pra antes e depois das festas juninas…
        :~)

        Curtir

  2. Sem asas não permanecemos nem no próprio lugar rsrs Não sei como as pessoas conseguem viver sem asas! Bora exercitar a imaginação. Bom fim de semana amigo Mariel!!

    Curtir

  3. Ela é, e mesmo para aqueles que ficam quietinhos e escondidinhos num cantinho qualquer sob suas asas, haverá por certo o momento do voo. E que este seja pleno, quando enfim acontecer. Bahhh, muito bahhh mesmo!

    Curtir

  4. Ele parece um pica-pau daqui… Pelo topete vermelho… De qualquer forma, um momento lindo por esse seu clique! Bela foto, mesmo!

    E se é para dar asas a imaginação… Ele está a pensar em qual será a próxima refeição… O néctar da flor que irá desabrochar.., ou ir atrás de um suculento fruto :D

    É que estou cá, percorrendo alguns blogues – poucos por eu digitar devagar -, e desejando uma xícara de café… Se eu for apanhar, me atrasaria mais… E o sono está pesando…

    Beijos,

    Curtir

  5. Quando virão novos textos?

    Paz e colorados abraços da parte rubronegra da minha humilde religião-estado.

    Curtir

    1. Gustavo, querido. Que bom bom bom bom super bom você por aqui. Os colorados abraços estão recebidos com alegria e retribuídos com a convicção da boa amizade que nos une. Os novos textos estão chegando!

      Curtido por 1 pessoa

Os comentários estão fechados.