Sabiá, do Chico, foi estupidamente vaiada num desses festivais. É uma canção de alguém no exílio, banido e longe de casa. Na melodia suave de Jobin, o tom dolorido de uma alma proscrita. Quem se lembra dos generais, tantos anos depois? Não é incrível que um Sabiá resistisse ao silêncio imposto pelos impostores? Você quer ouvir? Convidei Elis. Quando essa mulher canta, todo passarinho para e silenciosamente ouve.

Anúncios

10 Replies to “Chico”

    1. No “Senhor dos Anéis” tem uma cena que gosto muito. Alguém está ensinando para o Harry Potter a palavra mágica que afastava todo e qualquer medo. É “ridyculus!!!”, pronunciada com assertividade. Vamos resistindo e espalhando a senha, combinado?

      Curtir

  1. Aqui de longe vejo com tristeza os ataques ao Chico, Caetano, Gil,…
    Vou aos perfis dele e estão calados. Estão a dar um tempo ou desistiram da luta?
    Eu gostaria de ver um Brasil msis próximo da cultura européia do q da cultura americana. E mais próximo da cultura fos vizinhos tb.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Incrivelmente, não conhecia essa gravação de Sabiá por Elis – uma das canções mais injustiçadas, na voz de uma das cantoras mais emotivas e emocionantes, sem se descuidar da técnica. Grande presente na madrugada!

    Curtir

Estou adotando comentários. Deixe o seu aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: