Tropical

Não é possível prender quem transforma a vida em busca e se descontenta, desorientando o caos e desafiando a ordem. Não se trata de partir ou ficar, mas de singrar em direção ao que intuímos. Não se trata de amar ou ferir, apenas do que sentimos. Não se trata de ser ou estar onde estamos, mas de ser quem somos.

O presente de hoje é João Bosco, é Djavan, é Corsário. São mais que artistas. São inspirações para que a vida seja plena das coisas que acreditamos. Bom Find!

14 comentários

  1. Que presente! Obrigada Mariel. Duas pérolas reunidas cantando uma poesia de voos infinitos. Linda manhã, a minha.

    1. Jauch, o lance de sermos importantes uns para os outros é muito legal, não? Aliás, deixa eu registrar a importância da tua visita. Valeu!

      1. Se calhar, um dos grandes problemas do mundo é exatamente não percebermos que somos importantes uns para os outros… O mundo, se calhar, seria um tantinho melhor…
        Um grande abraço!

Comentários encerrados.