Que a alegria te alcance em sua plena forma e cante algo de ninar. Em silêncio, entre, abaixo, acima e ao lado, o que existe de lindo vai serenar o tempo das esperas, a terra seca e reger os rios flutuantes em tua direção. Guarde o triste no baú dos esquecimentos e perceba: estás naquele momento infinito, o instante eterno em que a noite vai descansar e o dia dá por iniciado um acústico de Deus. Toma um abraço, bebe do simples e espalha o inesquecível. Expressa tua arte, conte tuas vontades, enxerga onde ninguém mais vê. É assim que a vida sorri pra você.

“Smile”, de Chaplin é o meu presente de hoje, um dia depois que cheguei pra derrubar as bancas. Quem canta? Ninguém mais, ninguém menos do que Nat King Cole, a voz que Deus colocou no portfólio pessoal.

Já disse hoje?

Anúncios

13 respostas para ‘Plural no singular

Deixe uma resposta para divagacoesgcc Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.