Azul da minha alma

Num portal, te diria ai que saudade de ti. Então te abraçaria, vencida a estrada, o muro e a guarita e voltaria a dizer, ai que saudade de ti, azul da minha alma. Já disse hoje? Então está dito e recebido.

Autor: mariel

" Não quero viver comigo tempos mortos ". Essa tal de Simone, ela não é uma coisa?

2 comentários em “Azul da minha alma”

Os comentários estão encerrados.