Ouço

Se alguém me dissesse exatamente o que eu quero ouvir, o que seria? Exatamente isso, um amor embriagado de alegria e um eu te amo sussurrado na velocidade em que o som se transforma em felicidade. Precisa mais? Precisa mas vem, sempre vem: a quietude também bem me quer. E nossa, desliguem tudo, parem as máquinas, amei ouvir o som desse silêncio.

Autor: mariel

" Não quero viver comigo tempos mortos ". Essa tal de Simone, ela não é uma coisa?

7 comentários em “Ouço”

  1. Ahhhh bom começar a domingar lendo o que a gente mais gosta!! Você, Mariel, é leitura deliciosa!! Muito obrigada por nos presentear com suas fotos e suas palavras.
    Um beijo ternurento

    Curtir

    1. Clau, Clau, Clau, minha poetinha! Que alegria poder falar contigo. Vou visitar teu blog amanhã cedo. Prepara o café!

      Curtir

Os comentários estão encerrados.