Mariel Fernandes

Vistas do meu Ponto

#feliz

A gente trata a felicidade como um lugar pra chegar, um espaço lá adiante, uma paragem distante. E se a felicidade não fosse um estado, um ponto futuro, um fim em si mesma? E se a entendêssemos como um conteúdo disponível em tudo, capaz de reprodução instantânea, uma conexão segura, um bluetooth com Deus? Então felicidade não seria todos os etcetaras produzidos em Pequim, New York ou Assunção. Também estaria longe de ser viagem, fama, grana, a barriga tanquinho (acabei de falar em causa própria), a bicicleta do ano, dispensar o chofer ou não atender o Richard Gere. Felicidade seria ter talento e poder usá-lo em nome da água, fogo, terra e ar, além de todos os outros elementos. Nada de excepcional ou inexplicável, apenas um instante contente, capaz de ampliar o jeito contido que vemos o mundo, confundindo o tempo em passagem por nós com a nossa passagem pelo tempo. Quem sabe, se nos damos conta disso, a felicidade viva na alegria de escrever um livro, não na espectativa do sucesso que possa fazer. Ler um inédito de Pessoa, comemorar a possibilidade de um telefonema, dar de cara com um bom quadro, um poema sacado ou amar quem nos ama e amando, nos vê: felicidade é uma artista que se diverte misturando portanto e porque.

Anúncios

14 Responses to “#feliz”

  1. Mariana Gouveia

    A felicidade nos gestos simples, nas delicadezas dos textos e na sombra da árvore preferida.
    Felicidades a ti, moço! Abraço

    Curtir

    Responder
  2. francinesccamargo

    Quando surgirem dúvidas a respeito da minha felicidade, vou me lembrar dessas tantas reticências que existem ao meu redor, entre tanta mistureba de grandes momentos dos meus dias. Beijo e obrigada por me lembrar disso.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
    • mariel

      Sempre surgem dúvidas a respeito disso. Não há certezas disponíveis em estoque. Mas se vier o inverno, ele sempre vem, nos encontrará prontos.

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  3. KAMBAMI

    Estado de felicidade, se multiplicarmos pelo tempo tem já uma pote cheio. Eu em particular sinto felicidade no pequeno, despercebido, nada de grandezas, felicidade é para mim instantes, flahs tão ofuscantes que por mais distantes, estão sempre comigo. Abração.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  4. MarciaTondello

    É até simples de entender. Difícil está em praticar. É isso, eu acho, a felicidade é composta de pequenos instantes com grandes insights. Como notar as tonalidades do verde da copa de uma árvore, a carícia do vento, que enxuga o suor, o poder de transformar partículas em som… Enfim… Ela pode ser infinita, ou inalcansável, vai depender do olhar. Ou não…
    Até!

    Curtir

    Responder
    • mariel

      É um bom ponto de vista esse teu, Marcia. Coloca uma cadeira dessas de praia, uma praia em frente, um por de sol, a bebida preferida na mesa, alguém importante ao lado, um descanso merecido e temos uma porção de felicidades para comemorar. Até!

      Curtir

      Responder
  5. dulcedelgado

    A felicidade são detalhes do presente. Apenas. E isso é tanto!
    Quando enveredamos pelo caminho de considerar que ela está além, no futuro, ou algo acontece que vai impedir essa busca ou, ou no geral, ela nos leva à frustração.
    Creio que a idade nos vai ensinando isto.
    Gostei muito do texto!

    Curtir

    Responder
    • mariel

      É tanto mesmo. E um tanto que me torna um dos seres mais, mais, mais e mais saltitantes do planeta. Acho que é a idade. Adorei tua visita de além mar

      Curtido por 2 pessoas

      Responder

Estou adotando comentários. Deixe o seu aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: