Nave

Há muitos mistérios, histórias e piratas nas lendas do mar. A bordo de nós, velas içadas, risadas marinheiras, gemidos de sereias, corais e a noite a meia luz. É um resgate tranquilo, um navio que te singra, a velocidade macia das correntes, um riacho, uma gota, a vista do rio, uma gaivota em seus desajeitos. Uma estrelinha que nasce e aparece do nada. O recomeço lento, o silvo, o prumo, a boca, o vento em popa, a mão refazendo o nós. O mar agora é uma desculpa, um passaporte, a natureza, o tsunami, a correnteza, o instante, a àgua, gente que mergulha, sensação que molha e traços que revelam os navios prontos para mais uma viagem.

Anúncios

Estou adotando comentários. Deixe o seu aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.