Fado

As linhas melódicas do fado fazem fronteira com a melancolia. Conta, com ou sem letra, como a tristeza canta. Veja, não conheço nada sobre essas lindas canções, falo da impressão que me causam. Talvez seja a sonoridade da guitarra portuguesa. Ela me lembra um choro, um chorinho, a chuva tilintando no telhado. A vida não se faz de fatos, viver é ao lado, é de segunda a sábado e nos domingos, mais afagos e fados. É o tempo passando, desgarrado do calendário e cercado de pequenas dissonâncias. Reencontros, mãos seduzindo, almas celebradas, o amor possuindo, a fada possuída, a vida encantada. Talvez não fale, de fato, de um fado, que tem em sua pauta o tom das distâncias. Há nele o sentimento da falta, senão da alegria, com certeza da companhia desejada e da voz que te encaminha o riso. Reverbera em ti assim a espera? Te parecem assim os dias? É impressão minha ou eles são mesmo enormes, sonolentos e inchados? Seria ali que adormecem os fados? Quem sabe. “Quem sabe sabes, como encontrar-me num viés de olhares e neles o rondar de um afeto profundo e fundo. Desses capazes de abrir pontes e descobrir passagens secretas, conquistando entradas, ruelas, esquinas. Avançando em pontos e montes, tudo como nunca antes. Quem sabe seja um sonho, que sabe seja um fado. Quem sabe tu sabes e ensinas aos capitães das marés e os destemidos dos mares como possuir ilhas fora dos mapas. Quem sabe tu sabes que o mar é o destino dos barcos e amar é quando o pleno te toca e te abre as portas de Sagres”

Anúncios

16 thoughts

  1. Nossa, agora entendi. É que acho que no Brasil não há (não tenho lá muita certeza) o entendimento linguístico de fado como destino, só como fado mesmo. Se existe na lingua (vou pesquisar), não é muito usual a aplicação. Nada como um fado para nos fazer falar.

    Curtir

  2. Fado fatalidade…não, as minhas células não apreciam…
    Fado destino…sim, fazendo por o conquistar todos os dias! Mas sabendo que a surpresa pode estar em cada esquina!
    O fado que deu titulo ao post…poético nas palavras, mas um pouco difícil no entender!
    (esta já não é a melhor hora para os meus neurónios, confesso…)

    Curtido por 1 pessoa

    • Ouvindo de longe, o fado me parece algo melancólico, ainda que seja lindo. Pelo que entendi há fado fatalidade, mais dramático. E o fado destino, que seria? Nada como saber de quem conhece o tema

      Curtir

      • Acho que não me expliquei bem…culpa dos neurónios e de algum cansaço…
        Esclarecendo: eu não percebo nada de fado!
        O que fiz foi utilizar as palavras homónimas “fado” como canção, e “fado” no sentido de destino
        Ao primeiro chamei “fado melancólico”, porque realmente não aprecio aquele fado mais clássico, triste, muito melancólico, pesado, da desgraça…
        E ao segundo chamei “fado destino”, porque o significado da palavra “fado” é destino. Por isso escrevi “fazendo por o conquistar todos os dias! Mas sabendo que a surpresa pode estar em cada esquina!”
        Será que agora me expliquei?

        Curtir

  3. Como sou eu que financio o seu soldo para dormir precisei tomar bromazepam.

    Desejo sinceramente que vocês não durmam nunca, que suas noites sejam recheadas em pesadelos atrozes.

    PREJUÍZO AMPLO, GERAL E IRRESTRITO! ESTA É A NOSSA REVOLUÇÃO SILENCIOSA E IMPLACÁVEL.

    Curtir

Estou adotando comentários. Deixe o seu aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.