Meu fim de semana na fazenda

É tudo muito rápido. Você vem andando, 20 por hora e do nada acontece. Salta na tua frente uma lixeira distraída e o baque é como um direto, vamos a nocaute.
A primeira faz tcham, a segunda faz tcham tcham. Na terceira você está no chão com tudo dolorido e se perguntando onde vai conseguir um pinguim a essa hora. Mas fica pior. Você não consegue escrever direito, tudo fica muito mais lento e dormir dói. Mas tudo bem: quebrado mesmo só o ego. O resto está inchado, sensível ao toque, mas inteiro. Pensando em praticar um esporte menos violento como caminhada.

É tudo muito rápido. Você vem andando, 3,5 por hora e do nada acontece. Um filhote de anjo salta na tua frente e o nocaute afetivo, a lembrança imediata, a saudade infinita saltita ao mesmo tempo que encanta. É uma pestinha, com certeza, porque alegra a espera da alma que amo.
Gosto tanto de você, te desejo tanto e o tempo todo, és um asterisco permanente, a lua do lado de uma estrelinha. Fica a lição: se for para lembrar, que seja contente. Se for para amar, que seja sempre. E se for pra cair, que seja no colo do encontro com o pleno.
PS: sim, é um filhote de Golden

3 comentários em “Meu fim de semana na fazenda

  1. “Gosto tanto de você, te desejo tanto e o tempo todo, és um asterisco permanente, a lua do lado de uma estrelinha.”

    <3 <3 <3

    O que dizer? Nem dá, né? Lindo, lindo!
    E melhoras pra ti… :)
    Abraço

    Curtido por 1 pessoa

Estou adotando comentários. Deixe o seu aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.