Do dia

Recebi o dia, seus dons e desencantos. Feito à muitas mãos, melancia no almoço, trânsito alvoroçado, café com leite e esse céu aí, todo exibido. A foto não mostra tudo, os tons, uns entrando nos outros, uma salata de frutas em pixels. Então imaginei que alegria (uma palavra tão feliz que tem “ria” no final) seja algo sintônico, um vibrato, um ponto de encontro, uma fonte, algo suave e gostoso, uma cosquinha, um carinho, uma brisa em dia de verão, uma canção fácil de cantar, pé no mar, ar, descanso, soneca. Recebi o dia, ele se foi. Mas não levou nada, trouxe devagar uma alegria que se sentou ao meu lado e me faz companhia.

10 comentários

  1. ” Então imaginei que alegria (uma palavra tão feliz que tem “ria” no final)…”

    Não acredito que nunca tinha percebido isso! rs
    Que alegria esse seu texto (me arrancou um sorriso)! :)
    E que perdure…

    Abraço

    Curtir

    1. Trícia, espero que o teu riso perdure muito. E que o dia te traga mais e mais motivos para muita alegria. Eu adoro ver o que tem dentro das palavras como alegria que tem ria. Ou semente, que tem ente ou mente. Ou Deus, que tem eu. É um barato, que tem ato.

      Curtido por 1 pessoa

Estou adotando comentários. Deixe o seu aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.